A maquiagem das contas públicas por um governo vagabundo

São muitíssimo sérias as conclusões do procurador Júlio Marcelo de Oliveira sobre crimes fiscais cometidos pelo governo Dilma Rousseff entre 2013 e 2014. Em sua representação ao Tribunal de Contas de União, baseada na investigação meticulosa de auditores e técnicos do TCU e do Ministério Público Federal, ele diz que os atrasos dos repasses do Tesouro Nacional aos bancos públicos encarregados de pagar benefícios como aposentadorias, Bolsa Família, seguro-desemprego e FGTS, entre outros (as "pedaladas fiscais"), eram de fato propositais e serviam para melhorar artificialmente as contas públicas, em detrimento das instituições financeiras, em especial a Caixa Econômica Federal, mas também o Banco do Brasil e o BNDES.

Ao atrasar os repasses, os bancos públicos tornavam-se credores da União -- o que configura operações de crédito absolutamente ilegais. Os bancos registravam o dinheiro a receber nos seus ativos, mas o governo não registrava o dinheiro a pagar como parte da dívida pública. Uma malandragem evidente. É esse o ponto que preocupa o Planalto. Tanto que o advogado-geral da União, Luís Inácio Adams, vai tentar refutá-lo pessoalmente no TCU, no caso de o ministro José Múcio abrir o caso para a votação em plenário.

Na sua representação, o procurador Júlio Marcelo de Oliveira pede para que sejam convocados a prestar explicações autoridades como o ex-ministro da Fazenda Guido Mantega, o atual ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, o presidente do BNDES, Luciano Coutinho e o ex-secretário do Tesouro Nacional Arno Hugo Augustin Filho. Todos cúmplices na arte de maquiar as contas de um governo vagabundo, para dizer o mínimo.

ESTÁ DIFÍCIL ACOMPANHAR TODAS AS NOTÍCIAS?

O Antagonista publica mais de 100 notícias por dia. Receba diretamente em seu e-mail, todos os dias, um resumo com as notícias mais quentes e relevantes, além de artigos exclusivos.








TV ANTAGONISTA

Comentários (60)

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Carlos

Naquela ocasião, alertei que a mídia áulica estava falando apenas nas "pedaladas", o que é fácil de justificar e sempre foi praticado e sempre será praticado. O grave mesmo, porque se trata de crime consumado, é o da apropriação indébita.


Carlos

Essa notícia é muito velha. Essa decisão foi em 15 de abril de 2015. Aqui mesmo pedi ao Antagonista que trouxesse a questão. Como disse naquela ocasião,não são apenas "pedaladas". Houve,além dos crimes do art. 36 da LRF, o do art. 168 do Código Penal, porque se trata de apropriação indébita, haja vista que o governo "surrupiou" o dinheiro depositado em conta-corrente dos clientes. Isso o TCU não fala nada. Como também O Antagonista não deu împortância.


joel nery

PEDALADA EM CIMA DELA ....A MARIA LOUCA!!!!
DONA DOIDA SEU TEMPO ESTÁ NO FIM, E O MOLUSCO DE SÃO BERNARDO VAI NA MALA DO DIRCEU ...HERÓI DO POVO BRASILEIRO!!!!


Ronaldo

Era evidente o subterfúgio nas contas da economia nacional. Esse papo palerma de contabilidade criativa só pode ter vindo de alguém igualmente palerma e incrivelmente vagabundo. O subserviente Guido Mantega, literalmente, derreteu a economia. Parabéns Petebas, parabéns militontos, parabéns eleitores do capeta.


Carlos Mau

Se o GOVERNO E NÃO A SOCIEDADE , começar agora a prender menores de 16 anos conforme a lei de adultos.Terá menos filiados no PT?
16 anos é criança?
Fui um adolecente irresponsável com 14 anos.
Fui um jovem adulto com 16 anos.
Se a lei prevê emancipação pra um menor sustentar uma família, votar (até no PT),
porque ele pode MATAR e AMEAÇAR de MORTE e ficar no máximo 3 anos preso?
Porquê quando o menor criminoso é menor infrator?
Porquê com 18 anos ele tem a ficha limpa , mesmo para crimes ?


Yara

Com a pressao das ruas, o Congresso - com a ajuda da boa surpresa que esta' sendo Eduardo Cunha! - votara' o impeachment!!!


Daniel

Um mar de lama.

Em um país sério esta PTezada seria preza.

O Brasil está quebrado, o PT venceu.


vera giannini

Esse advogado geral da união (em minúsculas mesmo) é tão ,insuportavelmente, indecente. Será o nome???????


José Marcos

Bandalheira de todo lado! Tomaram o Brasil de assalto! Vamos intensificar a mobilização pelo dia 12/4. É um dever cívico ir às ruas contra o PT.


Henrique 1

Deixa de pagar em dia um financiamento com a CEF nestes moldes que estão na materia para você ver o que acontece. É Serasa não tem perdão.
FORA bandidos!!
12/04