Em seis meses, Venezuela dará calote

Essa é a previsão da agência de classificação financeira S&P Global Ratings, que rebaixou hoje a nota da dívida do país comandado pelo tirano Nicolás Maduro.

A decisão "reflete um risco de default nos próximos seis meses, caso as condições não melhorem de maneira significativa e inesperada na Venezuela".

A Venezuela terá dificuldades para pagar os quase 2,8 bilhões de dólares de dívida no segundo semestre de 2017.

ESTÁ DIFÍCIL ACOMPANHAR TODAS AS NOTÍCIAS?

O Antagonista publica mais de 100 notícias por dia. Receba diretamente em seu e-mail, todos os dias, um resumo com as notícias mais quentes e relevantes, além de artigos exclusivos.








TV ANTAGONISTA

Comentários (40)

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Stungun

O que náo dá pra entender é como estavam pagando , então tem dinheiro sobrando ainda ?


Lula Hood

Ah, se o Lula fosse presidente do Brasil. Nós é que pagaríamos a conta do companhero.


Ronaldo mazon

Me aponte algum presidente eleito até hoje que entendia de economia


maismimi

Que espécie de comentário economico que diz "não melhorem de maneira significativa e inesperada " tem que acontecer alguma coisa inesperada para melhorar???
Cadê os economistas de verdade para emitirem parecer ???


QWERT

OAntagonista, a propósito, seria bom vocês darem uma sondada para nós como andam os pagamentos dos empréstimos concedidos à Venezuela pelo BNDES, quer dizer, por nós, né?


pupeteer

ué, ela estava pagando?
seis meses? ah vá? seis dias seria muito.


E ainda estimulam a destituição de Michel Temer!?


RPCS

Atenção otários.
Nós somos os credores!!!!!


DESCAMIZADO

Quem causou a crise no BRASIL e VENEZUELA, usando o mesmo modo operantis.

BRASIL - Um ex-metalúrgico e pelego de sindicado..
VENEZUELA - Um ex-COBRADOR DE ÕNIBUS.

ESSE É A VENEZUELA E BRASIL QUE O LULA E CHAVES SONHAVA.

Cadê esse mau parido do MOLUSCO para ir lá defender o Maduro agora???
TOdos uns filhos das putas.


Jml

Fosse Lulla no comando do país, nossas estatais e fundos de pensão já estariam comprando milhões em títulos podres daquele país.