Inflação: quando o governo atrapalha

Por serem administradas pelos governos estaduais e municipais, as tarifas de transporte público são um exemplo de como as autoridades nutrem a inflação.

No caso, todas as subcategorias de tarifas subiram mais que o IPCA em 2016, com destaque para os ônibus intermunicipais (11,78%), os ônibus urbanos (9,34%), e o metrô (9,14%).

ESTÁ DIFÍCIL ACOMPANHAR TODAS AS NOTÍCIAS?

O Antagonista publica mais de 100 notícias por dia. Receba diretamente em seu e-mail, todos os dias, um resumo com as notícias mais quentes e relevantes, além de artigos exclusivos.


TV ANTAGONISTA



Comentários (3)

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

André

É q nessa conta entra o dinheiro do caixa 2. Ou será q as empresas de transporte não financiam campanhas políticas?


ernesto heredia dias

Certas entidades onipresentes e que atuam de forma tão plena, que passam despercebidas. É como a água para os peixes, ou como o ar para os humanos.
Assim também é o livre mercado para a economia. Até uma criança pequena ao decidir se vai comprar um sorvete ou um doce, e qual preço vai pagar está regulando o livre mercado. Então milhões de consumidores tomando centenas de decisões econômicas por dia, sem se darem conta estão regulando o livre mercado.
E por isso ele é tão eficiente. AGORA QUANDO EMPRESAS ESTATAIS QUE NÃO VÃO À FALÊNCIA FAZEM PREÇOS, AÍ O LIVRE MERCADO VAI-SE ...


VR-760

Empresa de ônibus ainda recebe alguma grana em dinheiro. Não é todo mundo que tem vale transporte, ou compra cartão pré-pago. Ou seja, ainda financiam um caixa 2 eleitoral. Aí, na virada do ano, esta conta é paga. Por nós.