Ministério da Cultura espera "tolerância" de petistas

O Ministério da Cultura divulgou uma nota sobre a cerimônia do Prêmio Camões de Literatura, que ocorreu nesta manhã, em São Paulo:

"O Ministério da Cultura (MinC) lamenta, mais uma vez, a prática do Partido dos Trabalhadores em aparelhar órgãos públicos e organizar ataques para tentar desestabilizar o processo democrático. Durante a cerimônia de entrega do Prêmio Camões de Literatura, em São Paulo, o ministro da Cultura, Roberto Freire, teve sua fala interrompida por manifestantes partidários, sinal de desrespeito à premiação oficial dos governos de Brasil e Portugal.

Considerada a mais importante distinção da Língua Portuguesa, o prêmio concedeu 100 mil euros (sendo 50 mil euros arcados pelo MinC) ao escritor brasileiro Raduan Nassar.

O agraciado foi respeitado por todos durante sua fala, ao contrário do que ocorreu com o ministro da Cultura, interrompido de forma agressiva. Apesar de ser um adversário político do governo, Raduan recebeu o prêmio, legitimando sua importância. Uma premiação literária com essa dimensão não merecia esse comportamento intolerante de alguns, que tentaram partidarizar o evento."

100 mil euros do "governo golpista"

ESTÁ DIFÍCIL ACOMPANHAR TODAS AS NOTÍCIAS?

O Antagonista publica mais de 100 notícias por dia. Receba diretamente em seu e-mail, todos os dias, um resumo com as notícias mais quentes e relevantes, além de artigos exclusivos.

Arrow form bottom



Comentários (101)

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Censurado

Daqui a pouco estarão a dar um tiro na cara de quem não gostam e por respeito a democracia morre-se dizendo: Levei um tiro na cara, mas fui um bom cidadão e morro sem reagir ou defender-me em nome da democracia e pelo direito de você me matar!


Jorge

É o cumulo de situação patética!
Um comunista ficando de beicinho com outro comunista.
Vão c.a.g.a.r., os dois!
INTERVENÇÃO MILITAR JA !


capixaba atento

Esse comunista safado, se tivesse vergonha na cara e fosse honesto, teria DEVOLVIDO o prêmio (cem mil reais) que recebera ANTES de criticar o governo que o homenageara ...


joao

Chinelos comunistas!!!


amara

Eita que os golpistas estao deitando e rolando... Dando uma de santinhos... Ha anos no poder e nunca fizeram nada em prol do povo...Com o golpe consumado e a barganha, tinham que ganhar uns ministerios nem que fosse na MARRA. E os trouxas aplaudem...kkkkkkk....


Flávia

Seria respeitável se recusasse o dinheiro e fizesse esse discurso, mas como essa ala conivente com a elite criminosa não tem limite, o que se demonstra nessa ato da cúpula do antigo poder é um extremo enfraquecimento político se utilizam de todas propostas marqueteiras sem levar em conta honra e prestígio, levando ladeira abaixo o nome daqueles que com ele permanecem.


Maria

Os petistas estão desesperados porque o Brasil está começando a entrar nos trilhos e NUNCA mais eles voltam ao governo. Só resta fazer essas "birrinhas" patéticas.

U
N


Tais

Como causa vergonha essa parte da esquerda brasileira. Ainda bem que não são todos que participam dessa conivência corrupta!


Cristina

Que vergonha de aceitar o prêmio, se tivesse dignidade recusaria


Indignada

Falta vergonha na cara deste escritor!!! Do dinheiro ele não abriu mão!