O petrolão do Minha Casa Minha Vida

Organizações criminosas andam se associando em cartéis para burlar concorrências, superfaturar obras, pagar propinas e bancar campanhas políticas com recursos do Minha Casa Minha Vida. De acordo com O Globo, o Ministério Público já contabilizou mais de 300 ações de investigação sobre o programa.

O modelo lembra o do Petrolão, mas em nível municipal e com empreiteiras de médio porte. No entanto, o caso preocupa pelo orçamento de R$ 278 bilhões do MCMV, além do risco de o resultado das eleições de 2016 ser comprometido.

ESTÁ DIFÍCIL ACOMPANHAR TODAS AS NOTÍCIAS?

O Antagonista publica mais de 100 notícias por dia. Receba diretamente em seu e-mail, todos os dias, um resumo com as notícias mais quentes e relevantes, além de artigos exclusivos.








TV ANTAGONISTA

Comentários (90)

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

ZB

Ramones 1 dia atras
Exato. Por essas e por outras é que estamos quebrados. Sem lucro e devendo. Carnha sabe nada do que rola e fica falando besteira ! Ate tiroteio sofremos, sem falar em roubo de materiais, e invasão ... Ahhh se arrependimento matasse !!!!!


itamar

Esse site é de agentes da CIA com o objetivo de destruir o Brasil para poder atingir o PT.


EjrMonteiro

sob o dominio petralha corrupção virou clausula pétrea.
Se for politico tem que roubar, se não roubar pode ser punido.


Vamo que vamo !!!

Incrível ... A coisa está tão ruim que se puxa uma pena e sai uma galinha !!! God help us !!!


Maria

Alguém, por favor, avise pro Mr Magoo(ministro Gilmar Mendes) que isso também é uma modalidade moderna de compra de votos.


Ramones

Aparecem exigências que não estavam no escopo da obra, além dos aproveitadores dos sindicatos que invadem as obras as paralisando e prejuízo por tempo parado e muitas outras coisas mais.
Além disso, a Caixa não escolhia a empresa. A empresa que 1º apresentasse os projetos que atendessem suas normas eram escolhidas.
Não acho que houvesse pagamento de propinas nesses contratos, devido à baixa margem e aos problemas de pagamento da Caixa (que fazia de tudo para não fazer as "medições" corretas e sempre atrasava as mesmas, obrigando as empresas a bancar ao programa.


Mima

As pessoas deveriam formar grupos de amigos de trabalho, vizinhos... Comprar terrenos e materiais aos poucos e construir casinhas básicas em mutirão. Depois, cada um ampliaria a seu gosto


Ramones

continuando...
A Caixa paga por unidade habitacional, um valor fixo. Por volta de 60mil reais. Então um loteamento com 400 unidades habitacionais gera um contrato de 24 milhões e a construtora tem que fazer tudo: além das casas acabadas, ruas, rede de esgoto, água, em alguns casos escolas e posto de saúde, tudo dentro deste valor. Em planilha, dá uma margem de 15 a 20%. No contrato há uma clausula que fala mais ou menos assim: a empresa se compromete a atender a toda demanda de infraestrutura q venha aparecer.
Sabe o q isso significa: prejuízo. (continua)


Mima

A solução para o problema. Divulguem para mãe e pais do PAC e MCMV

http://engenhariae.com.br/tecnologia/impressora-3d-constroi-10-casas-em-24-horas-na-china


Mima

A solução para o problema. Divulguem para mãe s pais do PAC e MCMV