Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

MPF denuncia força-tarefa em presídios do Pará por tortura

17 dos 28 procuradores que atuam no Pará assinaram uma ação denunciando o quadro generalizado de tortura em presídios do estado desde que eles passaram a ser controlados por uma força-tarefa autorizada pelo Ministério da Justiça, informa o Globo.

Segundo a denúncia, os casos de tortura vão do empalamento –inserção de estaca que atravessa o corpo do torturado– à perfuração dos pés dos presos por pregos.

A ação tem como alvo o agente penitenciário federal escolhido como coordenador da força-tarefa, Maycon Cesar Rottava. Ele foi afastado do cargo pela Justiça Federal do Pará.

“Embora não conste dos autos elemento que indique que ele tenha executado diretamente os supostos atos de abuso de autoridade, tortura e maus tratos, há indícios de que, por sua postura omissiva, tenha concorrido para sua prática”, afirmou o juiz federal Jorge Ferraz Júnior.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO