1 ano do impeachment: “Valerá pela política?”

Simone Tebet, que se destacou na comissão do impeachment no Senado, fez o seguinte comentário sobre o primeiro ano sem Dilma Rousseff:

“Valeu pela economia. A crise, hoje severa, estaria calamitosa. Valerá pela política? Dependerá do povo em 2018 e de suas escolhas.”

12 comentários

  1. Decididamente, vocês não representam mais ninguém. Estão completamente desvinculados do clamor e das aspirações do povo. E não deixam de ter razão. Pra que sintonia com o povo??? Se sabem que com dinheiro(muito por sinal) comprarão o próximo mandato. Valeu pra economia??? Pra vocês?? Pra nós, trocou-se uma quadrilha incompetente e corrupta, por outra.

  2. Impeachment meia-boca! Ainda temos de aturar, nao só a anta oligofrênica passeando à custa do contribuinte (como se os 150 milhoes, recebidos do acougueiro, fossem pouco) e espalhando suas teses furadas pelo mundo afora, como um STF e um TSE coniventes com os criminosos.

  3. Simplesmente o PT vai reverberar esta fala da senadora dia e noite nas tribunas! Vão dizer que ela se arrependeu! Essa gente inverte tudo! E reverte a seu fvor!

  4. Outra poetisa shakesperiana? Ser ou não ser, eis a questão? S@co cheio dessa gente em cima do muro! É óbvio que pela política nada valeu a pena nesse país! A política é um esgoto a céu aberto, dona!

  5. O povo não escolhe candidatos, senadora!!!
    São vocês que se escolhem…
    Ao povo resta optar pelo menos ruim!!!

  6. A economia, pelo menos, está se ajustando. Entretanto, a corrupção, apenas, mudou de mãos. E a justiça (STF) continua cega.

  7. Ate hoje infelizmente alguns ainda acham que foi golpe impichar a anta. É falta de bom senso, é hipocrisia pura.
    Está nas mãos da população fazer uma lista dos corruptos, de todos os matizes, e nunca mais votar neles.

  8. Apesar de não concordar, foi o primeiro argumento a favor do golpe bem fundamentado. Ao menos a senadora admite que a crise atual é severa. Que o golpe tenha valido a pena, no mínimo, para estancar a sangria da economia é uma opinião plausível. Mas sobre os ganhos políticos para o golpe, que era o mais importante, a senadora titubeou. Impossível alguém de bem defender o chefe da Orcrim e seus carregadores de malas e devastadores de sonhos.

    1. Se admite que a economia estava sangrando por que diz que foi golpe? Queria que o Brasil sucumbisse ante a incompetência da Dilma? Não apoio Temer, Lula, Dilma ,FHC, Aécio Neves, José Serra,…todos são lesa-pátria, traidores do Brasil. Vamos renovar tudo em 2018 com urnas com impressão de voto.

Comentários temporariamente fechados.
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.