101 anos de prisão para o petista

Um assessor de Gleisi Hoffmann na Casa Civil de Dilma Rousseff pegou cento e um anos de prisão.

Eduardo André Gaievski não foi condenado pelo petrolão, e sim por estupro de adolescentes e abuso sexual de menores.

É sempre bom ver um petista preso