13 de março, o Dia D

13 de março, o Dia D

Para economistas do IIF (Institute of International Finance), organização que reúne 500 instituições financeiras do mundo, as manifestações de 13 de março podem “virar o jogo” no cenário político do Brasil. “Se o comparecimento for significativo, os legisladores que apoiam Dilma poderiam facilmente abandoná-la, aumentando bruscamente a probabilidade de uma votação pelo impeachment em abril ou maio.” A adesão de manifestantes contra Dilma triplicou em 13 dias nas redes sociais.

Faça o primeiro comentário