15 milhões de dólares, a primeira parte da propina

Entre junho de 2006 e outubro de 2012, diz a denúncia, Eduardo Cunha solicitou e aceitou “promessa de vantagem indevida” de 15 milhões de dólares, pela contratação do navio-sonda Petrobras-1000, da Samsung.

Faça o primeiro comentário