17,7 milhões de reais apenas para um investigado

A operação de hoje da PF alcançou quatro funcionários de alto escalão da Petrobras.

As propinas a eles foram pagas entre 2008 e 2014, em espécie e, principalmente, por meio depósitos em contas no exterior.

Apenas para um dos investigados, foram destinados 17,7 milhões de reais. Parte desse dinheiro está bloqueado por autoridades suíças.

Comentários

  • atualização -

    Antagonista não está atualizando comentários, ou os está censurando ?

  • boaventura -

    Quem? reportagem incompleta.

  • matus-além -

    Explica em parte a "gasolina" cara e ruim que temos !!..

Ler 15 comentários