1×0 – Marco Aurélio vota por mandar à Justiça Eleitoral suspeita de corrupção

Marco Aurélio Mello votou em favor do envio à Justiça Eleitoral do Rio de Janeiro investigação sobre uma doação de R$ 15 milhões a Eduardo Paes na campanha de 2012.

A PGR sustenta que o recurso, depositado pela Odebrecht no exterior, foi repassado em troca de contratos para as Olimpíadas de 2016.

Além do caixa 2, há suspeita de corrupção, evasão de divisas e lavagem de dinheiro.

Hoje tem golpe no STF? Leia aqui

Temas relacionados:

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

  1. Tenho vergonha de ser brasileiro por tantas coisas, inclusive, em ver os ministros do STF votando para salvar seus padrinhos políticos com tanta empáfia. Ministros que não são juízes concursados

Ler mais 57 comentários
  1. Tenho vergonha de ser brasileiro por tantas coisas, inclusive, em ver os ministros do STF votando para salvar seus padrinhos políticos com tanta empáfia. Ministros que não são juízes concursados

  2. E ele está fazendo isto para soltar o LULA!!! Vcs vão ver – amanhã, o STF faz essa barbaridade e 10 de abril solta o LULA! Congressistas, retomem o poder de legislar que é de vcs!STF está os usur

    1. Risos, muitos risos, mas o choro é livre, só o molusco que não. Também quem mandou o safado corrupto roubar tanto.

    2. Os tucanos serão eternamente gratos ao STF! Quando a coisa ia chegar neles, se safaram!! Mas, parece que tem Petista Burro (pleonasmo) aqui que não percebeu a jogada suja!!!

    1. Marco Aurélio nunca valeu nada ou prestou para qualquer coisa. Chegou ao STF graças a seu QI, o “quem indica”, que era alto. Foi nomeado por seu primo, o cassado ex-presidente Fernando Collor de M