Barroso vota contra bloqueio de bens de Aécio

Luís Roberto Barroso considera “prematuro” o bloqueio de bens de Aécio Neves —  no valor de R$ 5,686 milhões — para a reparação de “dano moral coletivo” pela prática de corrupção passiva no âmbito das investigações da delação da JBS.

“A existência ou não desses danos morais deve ser aferida durante a tramitação do processo.”

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. Rio ? eu Rio e você ? Sim rio ... disse:

    de janeiro ....

Ler comentários
  1. BOÇALNARO? NÃO MESMO. disse:

    Manda pro Moro que ele libera fácil fácio o Aecinho Cheirador.

  2. Cansado disse:

    “A existência ou não desses danos morais deve ser aferida durante a tramitação do processo.” ============= Um raro momento no STF em que um ministro ativista ignora os boçais e canalhas que sequestraram a Internet.

  3. Cris disse:

    Depois de um presidiário ser colocado na Câmera Federal legislando sobre matéria Penal , e do voto do Ministro da Corte Constitucional sobre matéria NÃO constitucional (urnas fraudáveis)... acho que algum "mal secreto" andou contaminando o Ministro... Dizem que o vírus é transmitido pelas aragens mineiras ...

  4. Olho Vivo disse:

    Barroso deu um barro nesse processo.

  5. Luciano AG disse:

    Qdo amadurecer e ele tiver escondido o dinheiro os Srs do Supremo fazem uma vaquinha e pagam esse valor para reparações.

  6. Flávia disse:

    Ele precisa de tempo para lavar o dinheiro com os advogados.