2 a 1 pela prisão

Luís Roberto Barroso lacra o voto pela prisão de condenados em segunda instância ao classificar como acertada a “virada jurisprudencial” que o STF deu em fevereiro.

O sistema judiciário brasileiro, comentou o ministro, “frustra o senso de justiça de qualquer pessoa”.

Faça o primeiro comentário