20% a menos de trabalho

O Estadão divulgou um estudo feito pelo Novo na Câmara que mostra discrepância entre a jornada de trabalho por funcionários do Tribunal de Contas da União, do Judiciário e do Ministério Público da União em relação a trabalhadores da iniciativa privada.

Em geral, os servidores desses órgãos trabalham 20% a menos na comparação com empregados com carteira assinada.

A maior variação se dá no TCU: o equivalente a 49 dias a menos de trabalho no período.

A assimetria em relação ao Judiciário e ao MPU, explica a reportagem, acontece porque a jornada de trabalho é de 35 horas semanais e há o recesso forense [de 20 de dezembro a 6 de janeiro], além de cinco feriados exclusivos da Justiça.

Até pouco tempo atrás, os gurus dos cursinhos preparatórios de Brasília vendiam a ideia de que passar em concurso público era a garantia de “ganhar muito e trabalhar pouco”.

Comentários

  • Miranda -

    O Novo contribuindo com a população, mostrando essa diferença, resta saber se a população vai contribuir com o Novo nas eleições.

  • Aldo -

    Só 20% a menos? Tá bom demais, para mim não dava a metade.

  • Cleusa -

    É bom conhecer o que acontece, só assim podemos exigir mudanças! O peso do governo está grande demais para a população suportar.

Ler 51 comentários