20% dos servidores do governo têm funções que poderão ser feitas por máquinas

Segundo estudo dos economistas Willian Adamczyk, Leonardo Monasterio e Adelar Fochezatto, feito a pedido da Enap, um em cada cinco funcionários públicos do governo federal têm ocupações que poderão ser substituídas por máquinas nas próximas décadas.

A pesquisa analisou as funções dos 521,7 mil servidores do Poder Executivo federal e apontou que mais de 100 mil estão em ocupações com “alta propensão” à automação.

São funções que exigem menores níveis de escolaridade e têm remunerações mais baixas.

Em entrevista à BBC Brasil, Adamczyk disse que a pesquisa pode ajudar o governo a determinar habilidades necessárias para requalificar os servidores atuais e também para futuras contratações.

Leia mais: Combo O Antagonista e Crusoé: comece a ler por apenas R$ 1,90/mês
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 55 comentários
TOPO