3 a 0 contra PF nas universidades

Alexandre de Moraes vota para manter a liminar de Cármen Lúcia que suspendeu as decisões que determinaram ações policiais em universidades federais às vésperas do segundo turno das eleições.

“Como uma decisão judicial pode proibir a ocorrência de uma aula que ainda ia ocorrer?”, questionou o ministro.

O ministro disse também:

“Se um professor quer falar sobre fascismo, sobre comunismo ou sobre nazismo, ele tem o direito de falar e os alunos têm direito de escutar e fazer juízo crítico e eventualmente repudiar aquilo que está sendo dito. Não é a autoridade que vai fazer um filtro”

Com a eleição de Bolsonaro, você precisa se situar no novo mundo da política — e tem de ser rápido. Entenda AQUI

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 80 comentários
  1. O grande problema das universidades brasileiras é que os alunos só têm direito de escutar, mas não de fazer juízo crítico nem de repudiar o que está sendo dito. Se fizer isso, será xingado e c

  2. Ministro bocó, o problema era a campanha a favor de um candidato. Se está, ok. Que daqui a 4 anos, não mudem de opiniao. 80% dos alunos estarão fazendo “Congressos sobre Mitologia”. Mito: Bolso

    1. As universidades brasileiras se converteram em curso prático de fascismo e nazismo. E os alunos, a esmagadora maioria esquerdistas, têm praticado muito bem as aulas recebidas.

  3. Estamos formandos jovens alienados ,com valores questionáveis e alguma coisa deve ser feita.Talvez o programa escola sem partido seja uma solução.O contraditório quase inexiste nas Universidades

  4. Tem que desenhar pra esse carequinha ? Não se trata aqui de liberdade de opinião, mas sim de proselitismo político-ideológico de esquerda ! Falar de Bolsonaro merece porrada, né ?!

  5. Tá “serto” Ministro, o filtro fizemos na eleição, Bolsonaro p/fazer uma assepsia. Vai ver foi p/isto uma Delegada colocou menina em cela c/20 presos e deu a ela o DIREITO de não querer ser estru

  6. Errado, Ministro! O aluno é parte hipossuficiente na relação com o professor. Se o aluno escrever na prova algo que vá contra a ideologia do professor, quem é que tem o poder de reprovar o outro?

  7. Discordo TOTALMENTE do argumento do Ministro. Professor é pago pelo contribuinte para ensinar a matéria na qual se especializou. Sua opinião pode ser dada, FORA do ambiente de sala.

  8. Dá pra perceber que o ministro não sabe o real propósito de uma universidade. As universidades devem discutir política sem viés partidário. As federais passaram a ser fonte de doutrinação.

  9. Caraca, olha (a falta de) nível do argumento…. não serve nem como redação do Enem…. Imagino a diferença que fará quando Moro chegar no supremo…. aí sim vamos poder voltar a usar maiúscul

    1. Teve um professor do meu filho que disse em sala de aula que chamar negro de macaco é crime, mas chamar português de burro pode, porque português dá motivo. Tá certo isso, ministros???

    1. Na hora em que o conflito explodir a culpa será do STF que não permite a intervenção policial para colocar ordem na situação. Filmagens publicadas aqui mesmo no Antagonista mostram bem o que oco

  10. O futuro , chamado mercado de trabalho, vai dar o troco nesses vagabundas que usam nosso dinheiro para fazer politicagem e nso estudar . Ah ! E se drogarem tbm. Futuro da o troco! Mercado è animal !

    1. O STF retirou a questão do fascismo do contexto como se ela não tivesse sido levantada pela esquerdalha somente para associar Bolsonaro ao fascimo. Pura mistificação, que favorece a esquerda.

    2. O STF está sendo irresponsável. Não é que não sabe o que ocorre nas universidades. Sabe sim e está tomando está decisão somente para manter o aparelhamento esquerdista das universidades.

    3. Sou prof. universitário de instituição estadual e sei o que ocorre: os professores esquerdistas não exercitam apenas seu direito de debate não! Eles usam a cátedra para fazer proselitismo partid

  11. Tá certo Ministro Alexandre, pois a democracia existente dentro das Universidades, sobretudo nas Federais, é diferente da promulgada aqui fora para os Brasileiros. Um antro de maconheiros fanáticos

    1. Pois é, diversos passam coisa de 10 anos na boa fumando maconha e participando de protestos e manifestacoes fanfarronas. Estudar mesmo q é bom, nada!

  12. “fazer juizo critico” quando os professores são doutrinadores?? Ora me “comprem um bode”, os senhores NÃO tem noção do que acontece hoje nessas universidades públicas: Um antro, drogas, é o

    1. Os caras sao os garantidores do sistema corrupto instalado pelo luloPTralhismo que começa a desmoronar. Vao desmoronar junto, eu diria até que por prevaricação.

    1. Não mesmo!! tá uma esculhambação, dá vontade de chamar esses caras de “juizecos”, ficam nas suas poltronas de R$ 100 mil reais, e pensam que sabem das coisas.

    1. Sim, temos que começar a ir ás ruas exigindo o impeachment de um por um. Primeiro, começando pelos sabidamente corruptos, que recebem patrocínios espúrios e mesadas. Depois , os outros prevaricad

  13. UMA SUGESTÃO A CARMEM LUCIa e os seus pares hipocritas:: Peguem dous filhos ou sobrinhos de vocês, coloquem a camisa de bolsonsdo em um e de Luka no outro. E os mande para USP ou Federal. topam?

  14. FICOU CLARO: STF proibiu apenas um tipo de “violência” na universidade. A violência das MILÍCIAS fanáticas e agressivas segue sendo permitida. D’ora em diante serão chamadas “Milícias do STF

    1. O STF irresponsavelmente acaba de chancelar e abençoar a violência física e o autoritarismo fanático e sectário de meia dúzia de tarados ideológicos sobre toda a comunidade universitária.

  15. É só extinguir os cursos de Humanas que esse problema acaba. Não se discute este tipo de… nas aulas das demais ciências. Realmente o dinheiro do contribuinte é gasto com o que não agrega valor

    1. E só se pode praticar o FASCISMO travestido de antifascismo que é a especialidade destas seitas comunistas infiltradas nas universidades.

  16. Aqui em Juiz de Fora a PF mandou a UFJF procurar a PM para averiguar um caso de um aluno da veterinária que escreveu umas bobagens no seu grupo do zapzap. Quem pode atuar nas federais afinal ?

  17. Só que… estavam fazendo propaganda partidária nas universidades, o que é vedado em lei. Se a polícia não puder entrar e investigar, como então punir? Enfim, a velha Banânia…

  18. A impressão que tenho é a de que estes ministro vivem eu outro país, não fazem ideia do que acontece em nossas universidades, que há décadas deixaram de ser um local de debate pra ser QG da esqu

  19. Ora que vergonha. Os alunos ainda não tem a consciência crítica necessária; ainda a estão formando, e aí se permite o martelar ideológico deformado sobre suas cabeças? Shame on you…

  20. Alexandre Moraes é um canalha! Liberdade de expressão é para proteger opiniões em contrário! Vai divergir de opinião nas universidades federais aparelhadas! Tu leva um Kcete e pode perder a vida