ACESSE

Tempestade pela frente

Telegram

Um coronel, protegido pelo anonimato, disse para a Veja:

“Temos uma tempestade grave pela frente, e o presidente está arrastando o Exército para o turbilhão.”

Timidamente, uma parte dos militares sinaliza desconforto com a promiscuidade entre o quartel e o governo.

Leia também: Governo Bolsonaro: falta fazer política

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 175 comentários