36 alvos da Lava Jato se elegem

Pelo menos 6 réus, 24 investigados e 6 denunciados na Lava Jato foram eleitos nas eleições deste domingo, mostra levantamento da Folha.

Outros 5 alvos da operação vão ainda disputar o segundo turno.

Entre os políticos eleitos que foram intensamente alvejados na Lava Jato estão os senadores Renan Calheiros e Ciro Nogueira.

Houve ainda 3 investigados que conseguiram se eleger, mas foram “rebaixados”: Gleisi Hoffmann , Aécio Neves e Agripino Maia, que decidiram concorrer a deputado federal.

Na reta final da eleição, o que você não pode deixar de saber está AQUI

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 36 comentários
    1. Janaína eh Dep Estadual em SP, mas em compensação, teremos a Joice, Carla Zambelli, Bia e outras depenando a galinha com focinho de plastico.

  1. Sim mas o Bolsonaro já está com uma bancada boa para aprovar o fim do foro privilegiado e a prisão em segunda instância. É o que ele deve fazer já no dia 2 de janeiro de 2019, junto com a ref. p

    1. Pronto. Já começaram a falar os “valentões”. Você teria coragem para encarar isso pessoalmente ou fica só falando besteira escondido para agradar histéricos e analfabetos funcionais?

  2. O Presidente Bolsonaro poderá promover o término da faxina com uma PEC propondo o fim do foro privilegiado. Com o apoio que já tem no CN eleito, a PEC passa e a faxina é terminada.

    1. A segunda seria uma reforma profunda no judiciário para nao termos mais esses corruptos do STF soltando criminosos.

    1. Tem muito na minha família mesmo conseguimos muito votos com colinha pronta de gente que não tá nem aí pra política por sorte somos uma família que não tem bandido de estimação.