As 4 mulheres da equipe de transição de Bolsonaro

Telegram

Pelo menos quatro mulheres devem ser nomeadas nos próximos dias para integrar a equipe de transição do governo de Jair Bolsonaro, informa o G1.

São elas:

Clarissa Costalonga e Gandour – Doutora em economia, com ênfase em desenvolvimento econômico, pela PUC-Rio;

Liane de Moura Fernandes Costa – Ex-tenente do Exército, formada em engenharia ambiental pela Fundação Universidade Federal do Tocantins e especialista em construções sustentáveis;

Márcia Amarílio da Cunha Silva – Tenente-coronel do Corpo de Bombeiros do Distrito Federal e especialista em segurança pública, que já atua na equipe de transição;

Silvia Nobre Waiãpi – Tenente do Exército, primeira militar indígena a integrar as Forças Armadas.

A equipe de transição, que atua no CCBB em Brasília, já conta com 27 homens e pode ter até 50 pessoas nomeadas em cargos (mais aquelas que integrarão o grupo, mas não terão cargo nem remuneração). Sergio Moro, como registramos, deve integrar a equipe também.

Comentários

  • Presidente-XVII -

    Militares, conservadoras, alinhadas. Esse é o critério. Não o que elas ou os homens tem entre as pernas.

  • Carlos -

    Novos ares de seriedade e competência se mostram em um céu que promete ser de brigadeiro! Avante, Brasil!!!

  • Adriano -

    Vai ser uma fofocaiada só...

Ler 31 comentários