4 x 1 - STJ ANULA QUEBRA DE SIGILOS DE FLÁVIO BOLSONARO

4 x 1 – STJ ANULA QUEBRA DE SIGILOS DE FLÁVIO BOLSONARO
Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

A Quinta Turma do STJ anulou hoje, por 4 votos a 1, a quebra de sigilos bancário e fiscal de Flávio Bolsonaro no caso da rachadinha.

Com a decisão, os dados não poderão ser usados como prova na denúncia já apresentada contra o senador por peculato, lavagem de dinheiro e organização criminosa.

Votaram a favor do senador os ministros João Otávio de Noronha, Reynaldo Soares da Fonseca, Marcelo Ribeiro Dantas e Joel Ilan Paciornik.

A maioria considerou que não havia fundamentação suficiente para a medida, autorizada numa decisão com apenas cinco linhas.

“Estou reconhecendo a nulidade do compartilhamento de dados por meio dos relatórios, reconhecendo a nulidade, por derivação, das demais diligências realizadas a partir da ordem ilícita indicada, a nulidade do afastamento de sigilo bancário e fiscal, por não possuírem fundamento adequado e a nulidade de todas as diligências que se ampararam nas decisões judiciais nulas respectivas”, disse Noronha, que abriu a divergência.

Apenas o relator, Felix Fischer, votou pela manutenção da medida, em voto proferido no ano passado.

Leia mais: Leia agora as principais reportagens da nova edição da revista Crusoé
Mais notícias
TOPO