5 x 2 - Rosa Weber vota a favor da proibição de cultos e missas na pandemia

5 x 2 – Rosa Weber vota a favor da proibição de cultos e missas na pandemia
Foto: Carlos Moura/SCO/STF

Rosa Weber seguiu Gilmar Mendes e deu o quinto voto no STF a favor da proibição temporária de cultos e missas durante a pandemia de Covid.

“Em situações emergenciais, restrições a direitos fundamentais que são inadmissíveis em períodos de normalidade, podem vir sim a serem admitidas, notadamente quando a limitação de liberdade produzirem um substancial ganho em segurança. Respeito pela consciência religiosa requer que a liberdade seja tão ampla quanto compatível com a segurança e a ordem públicas”, disse.

Também votaram pela proibição Alexandre de Moraes, Edson Fachin e Luís Roberto Barroso.

Pela permissão de reabertura das igrejas e templos, com medidas de segurança, votaram Kassio Marques e Dias Toffoli.

Leia mais: Assine a Crusoé e apoie a o jornalismo independente.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO