ACESSE

A agenda de Guedes por apoio à reforma tributária

Telegram

Um dia após participar de audiência no Congresso, Paulo Guedes tem hoje uma série de reuniões com parlamentares na tentativa de conseguir apoio à reforma tributária.

Só nesta quinta (6), quatro deputados e senadores terão reuniões a sós com o ministro da Economia.

Ontem, Guedes sentiu a resistência do Congresso à tentativa de se criar uma nova CPMF. “Passar batom na CPMF não vai transformá-la em imposto novo”, disse Simone Tebet, durante a audiência.

O ministro da Economia também foi pressionado a enviar o mais rápido possível as demais partes da proposta de reforma tributária. Parlamentares chegaram a dizer que o governo tem “tumultuado” a discussão no Congresso.

Como mostramos, a equipe econômica tenta antecipar a entrega da segunda parte da proposta, que terá a criação da nova CPMF e a desoneração da folha de pagamento como os dois principais pontos.

O governo esperava entregar o texto até 15 de agosto. Com a pressão, a proposta pode ir para o Congresso na próxima semana.

Leia mais: Exclusivo: a casa secreta de Brasília onde ministro conspira contra ministro

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 9 comentários