A alegria de Mônica Bergamo

Mônica Bergamo, sobre quem não temos dúvidas, apenas certezas, está alegre com a entrada de Ricardo Lewandowski na turma do STF que julga os casos da Lava Jato.

A colunista diz que Lewandowski “reforça o time de magistrados que acreditam que prisões preventivas, por exemplo, devem ter tempo determinado e que qualquer sinal de abuso não pode ser tolerado”.

Para o PT e adjacências, Sergio Moro é um abusador.

Faça o primeiro comentário