Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

A ameaça aos bolsonaristas do MDB

Partido anuncia que poderá até expulsar integrantes que vierem a aceitar comandar algum ministério no governo de Jair Bolsonaro
A ameaça aos bolsonaristas do MDB
Foto: Diego Amorim/O Antagonista

Diante das notícias de que uma ala do MDB quer espaço na reforma ministerial que está sendo desenhada por Jair Bolsonaro, o perfil oficial do partido no Twitter publicou a seguinte mensagem:

“O MDB informa que qualquer filiado ao partido que aceitar Ministério deste governo será convidado a se retirar da sigla. Essa é a posição oficial do MDB.”

O presidente nacional da legenda, deputado Baleia Rossi, tem defendido a postura de independência. Ele participa das conversas com a turma do “centro” em busca de uma eventual candidatura única na chamada terceira via para 2022.

A senadora emedebista Simone Tebet, inclusive, passou a ser citada nos últimos dias como possível presidenciável.

Paradoxalmente, o MDB tem dois dos três cargos de liderança do governo no Parlamento: Eduardo Gomes é líder no Congresso e Fernando Bezerra Coelho é líder no Senado.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO