ACESSE

A angústia lulista

Telegram

O lulismo está “angustiado”, diz a Folha de S. Paulo.

A expectativa era a de que o golpe para inocentar o ex-presidiário, imputando a Sergio Moro uma suposta parcialidade, fosse julgado no segundo semestre, com Celso de Mello na Segunda Turma.

“Ainda não se sabe, porém, quando o STF vai voltar a ter sessões presenciais.”

O processo está nas mãos de Gilmar Mendes, que deve tomar mais um cafezinho com Jair Bolsonaro antes de decidir qualquer coisa.

Leia mais: Por que eles saem da crise ganhando

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 70 comentários