A anistia é uma anistia

Rodrigo Maia trata como idiotas os leitores do Estadão.

Entrevistado pelo jornal, ele negou que a anistia anistie os membros da ORCRIM:

“Você não pode anistiar um crime que não existe. Você tem de criar algo que puna daqui para a frente. Foi por isso que o Ministério Público encaminhou, de forma correta, a criminalização do caixa 2”.

Nesse caso, por que o Congresso Nacional emporcalhou as Seis Medidas contrabandeando uma emenda sobre o assunto?

Sergio Moro explicou.

A pretexto de anistiar doações eleitorais não registradas, os parlamentares trataram de anistiar igualmente “condutas de corrupção e de lavagem de dinheiro praticadas na forma de doações eleitorais, registradas ou não”.