A 'ansiedade' de Bolsonaro com o depoimento de Pazuello

A ansiedade de Bolsonaro com o depoimento de Pazuello
Foto: Adriano Machado/Crusoé

O depoimento de Eduardo Pazuello à CPI da Covid, segundo Elio Gaspari, “virou uma fonte de ansiedade” para Jair Bolsonaro, como demonstrou a conversa com Jorge Kajuru.

O colunista listou algumas perguntas que devem ser respondidas pelo general:

“Na sua despedida, ele insinuou que tem algo a revelar. Contou que ‘a liderança política que nós temos hoje que nos mandou uma relação para a gente atender e nós não atendemos’. Acrescentou: ‘A operação de grana com fins políticos acontece aqui’ (…).

O general chegou a falar de um ‘grupo dos oito’, formado por colaboradores que levou para o ministério e passou a orquestrar sua fritura. Quem?

A certa altura, tentaram ‘empurrar uma pseudonota técnica’ defendendo um medicamento. Cadê a nota? Que medicamento era esse?”

O general Pazuello poderá esclarecer também, claro, quais foram as ordens de Jair Bolsonaro para sabotar a Coronavac e a vacina da Pfizer. Se ele contar a verdade, a ansiedade bolsonarista tem tudo para se transformar em cadeia.

Leia mais: Assine a Crusoé, a publicação que fiscaliza TODOS os poderes da República.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO