A “arte da persuasão”, segundo Temer

Michel Temer não quer confusão com o Congresso.

Para evitar isso, ele pediu agilidade na liberação de recursos de emendas parlamentares e nas nomeações nas estatais, segundo a Folha.

Desculpe, leitor: parece notícia velha.