'A barca está afundando', disse Bolsonaro em reunião do dia 22

Fontes que assistiram ao vídeo da reunião ministerial de 22 de abril afirmam que Jair Bolsonaro pediu a ajuda de seus ministros para “salvar” o governo, relata Fausto Macedo.

“A barca está afundando”, afirmou o presidente durante o encontro, segundo essas fontes. Bolsonaro também teria dito aos presentes que, se ele caísse, eles cairiam junto e ainda que poderiam ser presos por homofobia e racismo.

As testemunhas da exibição do vídeo afirmam ainda que a reunião escancara a preocupação do presidente com um eventual cerco da PF a seus filhos.

Leia também: POR QUE BOLSONARO QUER A PF DO RIO? (UMA TENTATIVA 'ESCANDALOSA')
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO