A barganha do STF

Luiz Fux prometeu revogar a liminar que ele mesmo concedeu em 2014 garantindo o pagamento do auxílio-moradia.

Segundo a Folha de S. Paulo, “a medida pode ser tomada no mesmo dia em que Michel Temer sancionar o aumento de 16,3% dos salários da corte”.

Comentários

  • cristina -

    VER-GO-NHO-SO!!!! Uns vendilhões.

  • marcelo -

    Acho que isso é crime, é extorsão um ministro do STF ficar ameaçando o Poder Executivo por meio de uma liminar.

  • Flávio -

    Vai pra França mortadela podre !

Ler 67 comentários