A blindagem da VTPB

O pedido de providências de Gilmar Mendes sobre a VTPB, de 12 de maio, foi encaminhado a Rodrigo Janot na condição de PGE e de PGR. Mendes também cobrou medidas da Receita Federal, da Fazenda de São Paulo e do Coaf.

O Coaf, num ofício secreto, alegou que só poderia fornecer informações sobre movimentação financeira atípica da VTPB no caso de instauração de procedimento investigativo e com autorização judicial.

A Fazenda paulista alegou precisar de mais tempo para o aprofundamento das investigações devido ao grande volume de dados e a Receita Federal não respondeu.

Gilmar Mendes também cobrou providências da Polícia Federal depois que surgiram indícios de que parte dos R$ 7,5 milhões doados pela UTC, de Ricardo Pessoa, foram usados para pagar os supostos serviços da VTPB. A PF até hoje não respondeu.