Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

A bola está com Toffoli

A bola está com Toffoli
Foto: TJMT

O tal juiz de garantias deverá estar em plena atuação daqui a um mês, segundo o texto do pacote anticrime publicado no Diário Oficial da União.

E é claro que não dará tempo de implementar a novidade deletéria, gestada pela banda podre do Congresso e ratificada por Jair Bolsonaro.

O que então pode acontecer?

A única possibilidade é Dias Toffoli suspender, monocraticamente, esse trecho da lei, em uma das várias ações diretas de inconstitucionalidade que logo serão apresentadas ao STF, ainda durante o recesso do Judiciário.

O ministro deveria ter todos os motivos para fazê-lo. E sabe, para além de tudo, que não há a menor condição de reestruturar a Justiça criminal de todo o país em 30 dias.

Não é difícil justificar uma tal medida excepcional. Além do argumento de ordem prática, pode alegar que cabe somente ao próprio Poder Judiciário propor esse tipo de mudança.

2020 será desafiador. Mas você tem um novo aliado. Saiba mais
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO