A bomba da Istoé contra Lula

Ontem, na festa dos 35 anos do PT, Lula mais uma vez atacou a imprensa. A sua virulência se explica: ele já sabia qual era a capa da Istoé que chegou hoje às bancas.

A revista traz um relatório do Banco Central que confirma que o empresário José Carlos Marques Bumlai, amigão de Lula, contraiu em outubro de 2004 um empréstimo totalmente irregular de 12 milhões de reais junto ao Banco Schahin. Bumlai sempre negou ter obtido o empréstimo.

Onde Lula entra nisso? Em 2012, em delação premiada à Polícia Federal, o publicitário Marcos Valério, operador do mensalão, contou sobre o empréstimo e afirmou que o dinheiro serviu para calar a boca de Ronan Maria Pinto, empresário de transportes de Santo André. Ronan Maria Pinto ameaçava envolver Lula, José Dirceu e Gilberto Carvalho no assassinato do então prefeito de Santo André, Celso Daniel.

Em troca do empréstimo, o grupo Schahin ganhou contratos fabulosos para arrendar sondas à Petrobras. De acordo com a Istoé, o valor dos contratos chega a 1,2 bilhão de dólares.

O Antagonista sabe que Marcos Valério apanha muito na prisão.

Se tudo for verdade, Lula é um escroto.