A bomba nuclear

Ricardo Pessoa, dono da UTC, denunciou um esquema de propinas em contratos de obras da usina nuclear Angra 3.

Segundo O Globo, ele teria detalhado à Procuradoria Geral da República pagamentos envolvendo parlamentares do PMDB e gestores da Eletrobras Eletronuclear.