ACESSE

A campanha de Onyx na Câmara foi anti-Maia

Telegram

Rodrigo Maia, em coletiva ontem, como registramos, disse o seguinte, sobre possível interferência do Palácio do Planalto nas eleições da Câmara, em fevereiro de 2021:

“Na ultima eleição, o Onyx fez campanha até o ultimo dia e eu o derrotei na Presidência da Câmara. Não sei se tem essa influência toda.”

Perguntamos a Maia qual foi o candidato apoiado por Onyx nas últimas eleições.

“Eu que não fui”, respondeu.

Na verdade, a campanha de Onyx Lorenzoni, atual ministro da Cidadania, não foi para nenhum candidato específico: sua meta, como chefe da Casa Civil à época, era inviabilizar a reeleição de Maia — no Senado, ele conseguiu emplacar o desconhecido Davi Alcolumbre.

Até o último dia, de fato, Onyx — que é do mesmo DEM de Maia, mas há muito tempo os dois não se bicam — trabalhou nos bastidores para tentar encontrar um nome que pudesse derrotar Maia.

Um dos nomes ventilados foi o do próprio Arthur Lira (PP), expoente do Centrão, que agora se apresenta como provável candidato do Planalto no ano que vem, ainda que indiretamente. Mas o próprio Lira recuou quando viu que Maia estava com a vitória garantida.

No fim das contas, o PSL, então partido de Bolsonaro e maior bancada da Casa, acabou apoiando Maia, garantindo a Presidência da Comissão de Constituição e Justiça. Paulo Guedes também dizia que Maia seria importante para o governo avançar com a agenda reformista.

Leia também: EXCLUSIVO: MORO ATACA

Comentários

  • Joe -

    Então Botafogo traiu o Bozo. Na política não existem amigos, apenas comparsas.

  • Fernando.W -

    O Gabinete do Ódio fazendo seu trabalhinho sujo. Percebi até vários nicks novos atacando os "inimigos" do Bozo. Acho que renovaram os nicks, os outros já estavam muito manjados.

  • Gonçalo -

    Me lembro também da posse de Bolsonaro no congresso onde ele declarou: "Rodrigo Maia, meu amigo". #BolsonaroTemRação.

Ler 8 comentários