A campanha era uma só

Giles Azevedo, o assessor de Dilma Rousseff que negociou os repasses da Andrade Gutierrez, complicou a defesa de Michel Temer no julgamento do TSE.

Ele disse:

“A estrutura de campanha era uma só. Então, a estrutura de quem estava trabalhando na campanha do vice-presidente, eram todos contratados pela campanha da presidenta Dilma, porque a campanha era uma só. É a campanha da chapa majoritária – legalmente não existe essa divisão. O vice-presidente até tem uma conta, mas efetivamente, as despesas… as grandes despesas da campanha, elas são unificadas”.