A Carta-Renúncia

O texto compartilhado por Jair Bolsonaro lembra a Carta-Renúncia de Jânio Quadros, exceto pela gramática.

A Carta-Renúncia dizia:

Fui vencido pela reação e assim deixo o governo (…).

A ESTRATÉGIA PARA FAZER A "NOVA POLÍTICA" SE CURVAR À "VELHA POLÍTICA". Leia aqui

Desejei um Brasil para os brasileiros, afrontando, nesse sonho, a corrupção, a mentira e a covardia que subordinam os interesses gerais aos apetites e às ambições de grupos ou de indivíduos, inclusive do exterior. Sinto-me, porém, esmagado. Forças terríveis levantam-se contra mim e me intrigam ou infamam, até com a desculpa de colaboração.

A mensagem compartilhada por Jair Bolsonaro repete exatamente os mesmos temas, e termina com uma dica para o mercado financeiro: “Sell”.

O presidente da República recomenda vender os ativos brasileiros? É isso mesmo?

Comentários

  • Francisco -

    O Brasil é complicado. Não é para principiantes. Não sei até que ponto Bolsonaro possa estar contando com os militares! Pode um estado de direito funcionar com uma Constituição de esquerda?

  • Celso -

    Canalhas do movimento bunda livre dia 26 05Vamos mostrar que vocês não são nada sem o povo. #Bolsonaro2022

  • Rogério -

    E quanto ao congresso, nenhuma crítica...

Ler 302 comentários