A cartola de Pezão

Mesmo com a simpatia do Planalto, não vem sendo fácil para o Rio de Janeiro contornar a crise. Além do elevado custo de vida, a taxa de desemprego aumentou 25,7% entre agosto e setembro.

O Globo perguntou a Pezão se ele ainda tinha em vista alguma medida criativa para contornar a recessão. O governador fez piada: “Eu brinco que tirei muito coelho da cartola. Eu e minha equipe. Mas, hoje, já acabou até a cartola. Agora, quero arranjar uma outra. Vou arranjar”.

Com o impeachment, políticos como Pezão poderiam ter uma cartola nova. Mas eles preferiram ficar do lado de Dilma.

Faça o primeiro comentário