A casa caiu para André Vargas

O MPF apresentou as alegações finais na ação da compra da casa de André Vargas no condomínio Alphaville, em Londrina. Os procuradores confirmaram que o imóvel foi adquirido com dinheiro ilícito e declarado abaixo do valor real.

Além do ex-deputado, também foram arrolados o irmão Leon Vargas e a mulher Eidilaira Soares. O MPF pede a condenação dos réus pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro, além de aplicação de multa e a perda do imóvel.

No relatório do MPF, a força-tarefa coordenada por Deltan Dallagnol ressalta as tentativas de Vargas de manipular os fatos, criando versões mentirosas sobre o negócio.

Faça o primeiro comentário