“A China precisa muito mais de nós”, diz Bolsonaro

“A China precisa muito mais de nós”, diz Bolsonaro
Foto: Adriano Machado/Crusoé

Após o atrito diplomático com a China provocado por um tuíte de Eduardo Bolsonaro, o presidente da República, Jair Bolsonaro, afirmou neste domingo que as relações do Brasil com o país asiático seguem normais.

“Não tem problema nenhum com a China. Nós precisamos da China e a China precisa muito mais de nós. Eles têm 1,4 bilhão para alimentar, tem se tornado mais urbana que rural, compram muitas commodities. O chinês está consumindo cada vez mais proteína e todo mundo quer o bem do seu povo e nós queremos do nosso”, disse após votar no Rio de Janeiro.

Na semana passada, a embaixada da China no Brasil soltou um comunicado repudiando o tuíte em que Eduardo Bolsonaro acusa o gigante asiático de usar a tecnologia 5G para espionagem. Depois do estrago feito, o deputado apagou a postagem.

Leia mais: O inquérito que investiga a estrutura por trás dos atos antidemocráticos se aproxima do gabinete presidencial, da família Bolsonaro e do núcleo de assessores palacianos conhecido como “gabinete do ódio”
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 302 comentários
TOPO