A condição de Simone Tebet

Vários senadores informaram a Folha que o voto pela aprovação da reforma trabalhista dependerá de um acordo firmado pela base aliada com Michel Temer.

“[Voto a favor] desde que governo tire todos os excessos e o que não concordamos, como trabalho intermitente”, disse Simone Tebet (PMDB-MS), referindo-se ao modelo em que um trabalhador pode ser contratado por hora.

19 comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

1200

  1. Outra q eu tinha esperanca,virou demagoga.Ali nao se salva ninguem,vivem no mundinho isolado deles de mamar nas tetas,nao sabem o q he capitalismo,mercado,empreender.A unica coisa q querem he o voto do ze arigo e prometem de tudo,mesmo oq seja inviavel.Sao um atraso.

  2. Quantos trabalhos são contratados e pagos por hora trabalhada, esta gente que recebe uma bufunfa e faz pouco coisa de útil , está longe da realidade , advogado quanta vezes cobra por hora trabalhada?? e ela não é nem uma santinha, sai da casinha Simone e vem pra vida real!!

  3. Ela é Mestre e Doutoranda em Direito. Muitos advogados não cobram/trabalham por hora? Se alguém pode terminar o serviço em menos tempo que em um dia/mês/etc., vai ficar fazendo o que no local de trabalho? Fofoca? Amaldiçoando o patrão? Amaldiçoando políticos?

  4. Em Sorocaba os ônibus estão em greve intermitente há um mês, e greve geral há uma semana. GREVE INTERMITENTE PODE??????? É para esse tipo de gentinha que somos obrigados a pagar o imposto sindical???????

  5. Os Senadores perderam completamente o nosso respeito após se calarem, curvarem e serem coniventes diante de um Senador que falou até EM MATAR quem delatar. Só restou nojo desse Senado que aprovou por unanimidade um fim do foro privilegiado fajuto. Ao menos votem o fim do imposto sindical obrigatório e não criem mais uma jabuticaba! #eleições 2018 vamos mudar tudo!

  6. Antes de julgar a Senadora dê um click assista seu pronunciamento . Não se pode analisar por apenas uma frase fora do contexto , em assunto tão complexo . Tebet tá entre uma dúzia , que se salva entre os 81 .

  7. Pra mim o principal é acabar com o imposto sindical obrigatório . A maior pena que se pode impor a um sindicalista não é a prisão , é faze-lo trabalhar . Na atual conjuntura , qualquer avanço é lucro ademais , futuramente podemos avançar mais . Tebet não é contra é contundente , se não há um mínimo de consenso sobre algum item , bola pra frente .

  8. Cretina. Virou pequena semi-deusa essa também, aderiu à ideia de morar, viver, chupinhar os outros desde o interior da bolha política brasileira, frágil tal bolha de sabão. Cretina. Meus votos de um vastíssimo tombo, quando essa bolha estourar. Não tarda.

  9. Nos EUA se ganha por hora!!!! Vamos adotar as práticas da melhor nação do mundo, da democracia que deu certo, ou vamos continuar no atraso com ideias marxistas e Paulo Freiristas???? Simone Tebet não quer mais o meu voto….

  10. Pelo visto não vai sobrar nada desta reforma, e a legislação trabalhista brasileira continuará a ser a maior fechadora de postos de trabalho no país.