A conexão Ararath com a Triplo X

No pedido de quebra de sigilo telefônico dos investigados da Triplo X, a Polícia Federal confirmou informação de O Antagonista sobre a conexão da Mossack Fonseca com a offshore de Wesley Batista investigada pela Operação Ararath.

A PF montou um organograma indicando as ligações entre a Global Participações e as offshores Elany Tradding e Avel Group, criadas pela Mossack e registradas no mesmo endereço da Murray Holdings:

Faça o primeiro comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

1200