Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

A conexão carioca do esquema das vacinas

A CPI da Covid recebeu documentos que indicam um vínculo entre o negociador da Davati, o coronel Guerra, e o escândalo da saúde no Rio de Janeiro
A conexão carioca do esquema das vacinas
Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado

A CPI da Covid investiga a conexão entre o esquema das vacinas no Ministério da Saúde bolsonarista e os desvios nos hospitais federais, no Rio de Janeiro.

“Documentos que chegaram à CPI indicam que um dos intermediários da tentativa de venda de 400 milhões de doses fantasmas da Astrazeneca ao governo federal, o coronel da Aeronáutica Glauco Octaviano Guerra, hoje na reserva, tinha empresas que atuavam em contratos com hospitais federais no Rio”, diz o G1.

Mais notícias
TOPO