A confusão do Estadão

O editorial do Estadão ataca os procuradores da Lava Jato:

“Nem é preciso dizer que, além dos promotores que vão além de seus elogiáveis deveres e se apresentam como messiânicos salvadores da pátria, essa atmosfera de apocalipse, sob a qual se misturam culpados e inocentes, só favorece os verdadeiros arquitetos desse monumental esquema de corrupção do qual a Odebrecht era um dos pilares, isto é, os petistas ora escorraçados do poder”.

Os procuradores da Lava Jato, na verdade, já denunciaram os “arquitetos desse monumental esquema de corrupção” e mostraram em PowerPoint quem foi seu “comandante máximo”.

Não há a menor confusão sobre isso. E não há a menor confusão entre culpados e inocentes.

Só a imprensa faz confusão.