A confusão eterna no PSL

A confusão eterna no PSL
Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

Em reunião da Mesa Diretora da Câmara hoje, Rodrigo Maia concedeu o pedido de vista feito pelo segundo-vice-presidente, Luciano Bivar, que preside o PSL, no âmbito do processo que analisa a situação de 32 deputados do partido que foram suspensos por terem declarado apoio a Arthur Lira (Progressistas), o candidato de Jair Bolsonaro à presidência da Câmara.

Formalmente, o PSL está no bloco de Baleia Rossi (MDB), o candidato de Maia. Mas os bolsonaristas caminham com Lira.

O assunto vai sendo arrastado e, assim, o PSL continua em sua confusão eterna.

Leia mais: Assine a Crusoé, a revista que não tem medo de apontar os verdadeiros culpados pelas mazelas brasileiras.
Mais notícias
TOPO