“A consistência das provas ainda é contestada”

A bancada do DEM, com 27 deputados, só se reunirá após Michel Temer apresentar sua defesa.

“Por enquanto conhecemos apenas a versão da acusação. Os fatos apresentados pela PGR são graves, porém a consistência das provas ainda é contestada”, afirmou a O Antagonista o líder Efraim Filho.

“Caberá à defesa do presidente tentar desconstruir as teses levantadas”, acrescentou.

Por enquanto, Temer só tentou desconstruir Rodrigo Janot e a qualidade do áudio da conversa com Joesley Batista.

Faça o primeiro comentário