A contabilidade alegre do petista

Mais um petista que vai acabar na cadeia.

Diz a Folha de S. Paulo:

“Um inquérito da Lava Jato revelou um esquema de quitação de dívidas pessoais e de campanha do deputado Vander Loubet, nome forte do PT. Três pessoas e duas empresas disseram que débitos abertos por ele e por sua mulher, de ao menos R$ 144 mil, foram cobertos pela Arbor, que fazia a contabilidade do doleiro Alberto Youssef”.

Faça o primeiro comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

1200