A cta. suíça de Serra

A Odebrecht delatou José Serra.

Segundo a Folha de S. Paulo, “a Odebrecht apontou à Lava Jato dois nomes como sendo os operadores de R$ 23 milhões repassados pela empreiteira via caixa dois à campanha presidencial de José Serra, hoje chanceler, na eleição de 2010”.

Quem?

Ronaldo Cezar Coelho e Márcio Fortes.

O dinheiro foi repassado no Brasil e na Suíça.

“Para corroborar os fatos relatados, a Odebrecht promete entregar aos investigadores comprovantes de depósitos feitos na conta no exterior e também no Brasil”.

Faça o primeiro comentário