A delação da Camargo Corrêa

Kennedy Alencar noticiou que a Camargo Corrêa havia fechado um acordo com os procuradores da Lava Jato.

O Antagonista se informou sobre o assunto e pode dizer que é mentira. A empreiteira, infelizmente, parou de negociar com o Ministério Público quando o ministro José Eduardo Cardozo chamou-a para oferecer-lhe um acordo espúrio.

O que deve ocorrer em breve, e já estamos comemorando muito, é o acordo individual com alguns de seus executivos.

Corre, Lula, corre.